“UX” (Experiência do Usuário) sempre foi um termo amplo e bastante nebuloso para muitos. Mas finalmente uma bela analogia foi encontrada para que o UX tenha sentido.

entendo-experiencia-do-usuario-e-do-produto

A garrafa de ketchup Heinz original é um ícone de design e branding : o recipiente de vidro transparente foi uma declaração de transparência, qualidade e confiança há 100 anos, quando a conservação de alimentos foi muitas vezes um caso preocupante. O design do produto pouca importava na experiência do usuário ao realmente usar o ketchup, como milhões de camisas e mesas manchadas de tomate durante o século passado podem atestar.

Compare isso com o recipiente de “cima para baixo” que a Heinz revelou em 2003 , mostrado acima. A concepção reforça a utilização a que se destina o produto . Isso é a elaboração de um projeto para a experiência e interação, e não apenas para a aparência. Isso é design de experiência do usuário.

Esta inovação foi possível graças a avanços em muitas áreas diferentes : a tecnologia de materiais de plástico PET para fazer o recipiente maleável, padrões de controle de qualidade dos alimentos modernos fazendo a transparência da embalagem pouco importar. O design da experiência do usuário nunca é a única: é parte de uma rede complexa, interdependente de possibilidades e limitações.

Aplicando o Experiência do Usuário no seu site:

Considerando-se o design do site a partir da perspectiva de como ele é usado, é uma parte vital ter em mente na hora do processo de desenvolvimento:

  • A interação com o seu site vai ser cada vez mais limitado a telas portáteis e a dedos.
  • Projetar sites para prender a atenção do usuário provavelmente vai ser um dos maiores desafios do século 21.
  • Navegação personalizada.  A maioria dos sites são criados e apresentados com informações estáticas ao longo das páginas, forçando os usuários a pesquisar e fuçar dentro do site para achar o que ele quer. Isso é errado, e imprudente : conteúdo de qualidade e personalizado é o que deve ser projetado e não quantidade de páginas.  Sites modernos devem ter a capacidade de se reorganizar, reorganizar e reestruturar os dados de acordo com a navegação do usuário (já viu a proposta da Chaordic).

Há muitos fatores emocionais que entram em jogo como tecnologias web se tornam inseparavelmente entrelaçados com as nossas vidas, fazendo o design de experiência uma habilidade cada vez mais importante em um mundo conectado .

via